Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2011

Overjoyed

Oi, tudo bem?

Ontem, eu cheguei em casa determinada a colocar minha leitura em dia. Tenho algumas revistas da Missão Portas Abertas para ler - acho que estou uns 3 números atrasados... #vergonha - tenho 2 livros meus e 1 livro emprestado de uma amiga minha para colocar em dia. Até aproveitei pra dar uma navegada rápida na Internet antes (e já peço desculpas adiantadas para meus queridos amigos virtuais porque estou em débito com as visitas, mas vou tentar colocar tudo em dia o mais rápido possível, ok?!).

Deitei na cama para ler, liguei meu fone de ouvido para ouvir a minha rádio FM favorita - daquela que só toca aqueles clássicos beeeem melosos dos anos 80 e 90 e tem uma oração linda de agradecimento a Deus por mais um dia toda vez que dá meia-noite - e encarei algumas páginas de um livro.Como não consegui dormir até quase uma da manhã por causa do calor, da ansiedade e dos outros probleminhas técnicos que informei no post anterior, liguei a tv para me distrair um pouco e já estavam tr…

Preciso crescer

Oi, tudo bem?
Nossa, estou precisando mesmo desabafar por aqui e o pior é que é pelo mesmo motivo de sempre: homem. Ô raça difícil de entender, hein?! Detesto ficar assim porque eu sinto que estou presa em uma espiral sem fim de idas e voltas sobre o mesmo assunto; parece que nada muda nesse departamento pra mim. E isso chega a me causar enxaqueca porque parece - ou talvez seja a realidade - que minha vida está estagnada.
Na última segunda-feira, como quem não quer nada - e talvez queira tudo - o leite-ninho apareceu no balcão do meu trabalho para buscar um documento que estava faltando pra ele. #detalhe 1: eu não liguei pra ele avisando que o documento estava pronto. #detalhe2: ele não mora perto do meu trabalho, não trabalha perto do meu trabalho, não estuda perto do meu trabalho; o que significa que a desculpa dele do "estava passando por aqui..." não cola muito bem, certo?!

Conversamos muito - quase uma hora porque o movimento estava tranquilo - e bateu aquela saudade, aque…

Rock ´n Rio

Oi, tudo bem?É, eu sei que esse foi o assunto do final de semana. Overdose de rock na veia, vários flash da festa, entrevista com os astros... acho que deu até pra cansar um pouco, não é?! Mas eu fiquei muito feliz porque pude acompanhar o festival ao vivo do conforto do meu sofá!!! Aliás, vale um parênteses porque esse ano eu estou acompanhando todas as premiações e festivais que eu sempre sonhei ver: Golden Globe, Grammy, Oscar, Emmy... acabei me esquecendo de acompanhar as premiações da MTV que sempre me acompanharam durante minha adolescência, mas foi por uma boa causa.E, na sexta passada, não poderia ter sido diferente. Saí do trabalho hiper cansada porque passamos o dia em alerta sobre uma possível visita do presidente da empresa - que acabou resultando só em uma grande expectativa, como sempre - e aproveitei pra buscar mammy no trabalho dela e passar em uma lanchonete daqui do bairro que eu adoro e comprei 2 hambúrgueres. Cheguei em casa, tomei um banho relaxante e montei acamp…

Temos todo tempo do muuuuundo...

Oi, tudo bem?

Sem grandes novidades por aqui. A vida está bem calma e pacata, com algumas alterações temporárias.

Novidade #1

O Toddynho arriou as rodinhas no sábado: a mangueira da água estourou e ele ficou vazando água e a temperatura foi nas alturas. Ainda bem que sou atenta àquele bendito ponteiro e notei o problema antes que o motor do meu querido fosse a óbito. Ele passou o final de semana na garagem, com um monte de toalha embaixo das rodinhas para secar o "xixi" dele...rsrsrs... enquanto eu me diverti a pé com mammy e de carona com um casal de amigos.

Novidade #2

Depois de quase ter um ataque histérico pelo que aconteceu com meu pequeno possante, resolvi encarar um programa novo com mammy e fomos a pé até o shopping da cidade para um sessão matinê do filme O HOMEM DO FUTURO. Pra quem ainda não viu, vale muito a pena: uma versão brasileira de EFEITO BORBOLETA, mas sem o tradicional moralismo norte-americano que estamos acostumados. Fora que o coração dispara e o corpo arr…

Pose para o clique!

Oi, tudo bem?

Na última semana, não resisti à um impulso da pequena fotógrafa que habita no fundo do fundo, bem lá no fundo de mim e resolvi partir para a ação. Presenciei uma cena linda que era digna de um clique para a posteridade e não pude deixar o momento passar.

Estava eu inocentemente procurando um lugar para estacionar no shopping quando vi uma vaga disponível perto de um barranco que fica ao lado do estacionamento do shopping (cidade do interior é assim mesmo, minha gente). A vaga era perfeita porque eu nem ia precisar manobrar e nem fazer balisa para parar o carro lá (e o Toddynho agradece por não ter que correr o risco de ter sua bela lataria ou suas lindas calotas estragadas pela mamãe aqui...rsrsrs).

Quando eu fui descer do carro, reparei que tinha um lindo ninho de coruja na encosta do barranco e que a Mamãe-Coruja estava alerta para o caso de eu tentar chegar perto do seus pequenos Corujinhas Júniors (eu estou presumindo que eram machos, ok?!). Mais que depressa, assim que…

Hunf....

Oi, tudo bem?

Estou eu aqui, cá com meus botões, pensando no final de semana que tive. Bem, foi paradérrimo! Fiquei em casa, não saí com os amigos, assisti muitos filmes, vi muita coisa na Internet e terminei a noite sozinha. Hunf!

Ontem, tinha planos de ir com mammy no cinema pra ver ONDE MORA A FELICIDADE? e depois comer macarrão em um restaurante que ela estava com vontade de conhecer. Mas, cheguei do trabalho, almocei, arrumei a casa pra ela e as duas caíram no sono no sofá da sala assistindo algum canal da tv a cabo que eu não me lembro agora. E perdemos a hora para sessão no cinema. Daí, o frio+cansaço+preguiça+tempo-de-chuva fizeram a gente ficar em casa, alugar um filme no pay-per-view (aproveitei para gastar os pontos que tinha acumulado e peguei ENROLADOS... muito 10!) e ficar comendo porcaria até tarde.

Depois, passei para meu momento nerd e me enfiei no micro... achei um site super legal para download de e-books - Livro Grátis - e finalmente minha coleção de ebooks (falei que…

Manual contra a Depressão

Este é um humilde tratado de um leigo que se preocupa com o próximo.

Distorções cognitivas

Quando uma pessoa tem uma tendência para “negativar” todas as suas ações, “catastrofizando” tudo, ou seja, ela começa a ver “derrota”, “coisas ruins” em praticamente tudo o que ouve, vê ou “pressente” e/ou, quer encontrar culpados para todo e qualquer fato na sua vida, ela está passando por um transtorno psiquiátrico, denominado “distorção cognitiva“.

Essas afirmações negativas, esse estado emocional, onde a pessoa não consegue enxergar o lado bom da vida, onde tudo que é dela ou é ruim ou é “meia-boca” é que acaba levando a doença conhecida pelo nome de DEPRESSÃO.

Funciona assim: se ela tira uma boa nota em uma prova, acha que foi “sorte”, se tira uma nota ruim, é porque é burra mesmo. Não tem meio termo, não tem aquela possibilidade de dizer: é uma fase, vai passar ou, foi uma deslize. Tudo, tudo é negativo, tudo é “coisa ruim”…

No estudo que “Aaron Beck” fez em 1976 com diversos pacientes em estad…

Um pouco de simplicidade, por favor?

Oi, tudo bem?

O mundo poderia ser mais simples, não é verdade?!

O mundo poderia funcionar exatamente como queremos: o tempo, os acontecimentos, as situações... tudo fluindo da forma como planejamos.

Mas, pensando bem, se fosse assim, talvez perdesse um pouco a graça. A falta do fator surpresa poderia tornar nossa vida um tédio. Vai saber!

Só estou divagando porque minha vida está exatamente assim e, por isso, nem tenho passado aqui pra contar nada porque não tenho muito pra contar.

Continuo com total falta de tempo no trabalho e as coisas vão acumulando, acumulando e eu não quero ter uma síncope como tive no começo do ano. Só que não sei ser tranquila, desencanar de tudo e tenho tentado - e muito - organizar minha agenda, rever horários, trazer trabalho para casa para tentar adiantar as coisas e... nada. Continuo me sentindo sem rumo; nem mesmo uma ótima notícia de uma nova oportunidade de estudo conseguiu trazer um brilho a mais à minha rotina.

Sabe aquele caso que te contei no post …