Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2014

Ajuda, Deus!

Oi, tudo bem?
Como que a gente faz para mudar? Como que a gente consegue alterar a programação do nosso "Gênio" e passar de um jeito para outro? Será que tem alguém aí que consegue me ensinar isso porque já procurei em livros, palestras e em um monte de lugar e até agora não tive sucesso.Por mais que leio a bíblia e oro, parece que Deus não me mostra o caminho a seguir.
Sou uma pessoa rancorosa.
Sou daquelas que explodo "facinho, facinho".
E sei que preciso melhorar, mudar porque cristão não deve ser assim. Devemos transparecer Cristo e seu amor, sua paciência. Mas, confesso, estou bem longe disso.
Tenho meu coração quase preto de tanta raiva e mágoa que guardo do meu pai. Qualquer coisa que ele diz ou faz, já é motivo suficiente para eu ver defeito, arrumar briga, estressar. Não consigo esquecer todas as coisas que já passamos por culpa dele e, quando percebo que algumas coisas ainda não mudaram e já deveriam ter mudado há muito tempo, tenho vontade de partir pra cima …

Meriam Yahia Ibrahim Ishag

Oi, tudo bem?
Durante essa última semana, eu fiz a #semanadeoracaodafabie tive a oportunidade de orar não só para mim, mas para outras pessoas. Sabe que isso é uma coisa que eu gosto muito? Acabei percebendo, nessa semana de oração, que pode ser que esse seja o ministério que Deus tem na minha vida: intercessão. Sim, porque muitas vezes as orações pros outros funcionam mais rápido que pra mim rsrsrs.
A Fabiana passou vários pedidos de oração para gente, mas tinha um em especial que eu estava acompanhando na impressa há algum tempo e que incluí no pacote por minha conta. O caso da sudanesa Meriam Yehya Ibrahim Ishag.
Meriam Yehya Ibrahim Ishag é uma mulher sudanesa de 27 anos, filha de muçulmano que se converteu ao cristinanismo e foi presa por isso, ainda grávida. Ela teve uma menina na prisão e foi condenada à morte por enforcamento - em virtude da lei islâmica vigente no Sudão desde 1983 e que proíbe as conversões, sob pena de morte -  por se tornar cristã. A condenação à morte da jovem…

Semana de Oração - #semanadeoracaodafabi

Oi, tudo bem?
Para quem conhece o meu perfil no Facebook, sabe que sou muito fã da Fabiana Bertotti e acompanho todas as suas publicações.
Fabiana Bertotti é jornalista e escritora e autora do livro Submissa? Todos têm um dono (tem post dele aqui). Pós-graduada em Comunicação Audio-Visual pela PUC-PR, se dedica a reportagens e documentários pelo mundo e é adventista do sétimo dia. Atualmente, mora em Londres com o marido, o pastor e palestrante Rodrigo Bertotti.
Nessa semana, ela propôs algo diferente nos seus vlogs: uma semana de oração. Com o intuito de conciliar uma das coisas que ela mais gosta -  falar de Deus por aí - ela usou seu canal no Youtube para publicar meditações diárias, de no máximo 15 minutos - para falar de Deus logo no início do dia.
Afinal, como ela mesma disse, a maioria de nós pega o celular, tablet e computador antes de sair da cama e nesta de consultar as redes sociais antes de tudo, acaba atrasando o culto, isto se não o exclui de vez do cronograma diário…. Trist…

A culpa é do choro mesmo

Oi, tudo bem?
Consegui. Finalmente. Assisti A Culpa é das Estrelas.
O filme estreiou no Brasil no dia 5 de junho e, dede então, eu estou tentando ir ver no cinema ou achar um arquivo decente para ver no computador.
Na minha cidade, infelizmente, o filme entrou uma semana depois, com dois horários disponíveis - que viraram um, apesar das filas quilométricas - e dublado. Affff.....
Na cidade vizinha, temos vários horários e cópias legendadas disponíveis, mas o preço do ingresso.... sem condições!
Na Internet, bem.. eu...hã... achei um vídeo alguns dias depois do lançamento. Como poderia descrever aquilo? A pessoa que filmou deve ter ido em um cinema com pulgas e comido muita pipoca. A imagem está escura, o áudio abafado, a câmera treme e sacode o tempo todo e só dá para ouvir um cof-rof-cof de alguém mastigando alguma coisa. Sem chance para ver o filme. Ah, e também era dublado, eca!
Então, tive a brilhante ideia. Como já li o livro, já sei o que me espera, certo?! Já tinha assistido Divergen…

A saga dos casamentos - parte eu-não-sei-mais-qual-é

Oi, tudo bem?
Bem, amigos da Rede Globo, estamos aqui de volta com mais um episódio da saga dos casamentos. Acharam que tinha acabado? Acharam que não tinha mais ninguém para se casar no meu círculo de amigos? Ledo engano, meus caros.
Esse ano eu já tive um casamento de uma grande amiga, enquanto o garoto estava com o braço engessado. Depois, no mês passado, tivemos uma pequena cerimônia para ir de uma estagiária do nosso trabalho que optou por fazer apenas a cerimônia religiosa aberta para todos e ofereceu a festa apenas para os padrinhos. Foi bem simples e eu achei bem legal, principalmente a atitude dos noivos de agradecer do altar a todos os convidados presentes por comparecerem em um momento tão especial para eles. 
E ainda tinha mais um casamento de uma moça que trabalha com a gente que foi no último final de semana. O casamento já estava previsto para ser bem original porque a família dela é de origem católica e a família dele é das igrejas evangélicas bem tradicionais, super anti…

Mesmo na Copa...

Oi, tudo bem?
Mesmo na Copa, tem correria né?! Acho que tem até mais porque a gente tem menos tempo para fazer as coisas porque tudo fecha mais cedo, o expediente é mais curto.
Enfim, como estão indo de Copa? Eu ainda não vi nenhum jogo rsrs. Dormi nos dois primeiros jogos do Brasil e não me arrependo: estava precisando descansar mesmo.
O último final de semana não foi cheio de trabalho como o outro, graças a Deus. No sábado, eu e o garoto fomos conhecer um restaurante novo da cidade e saímos de lá lotados rsrs. Sabe aqueles lugares que tem comida caseira, daquelas que lembram a da mãe?! A gente atacou 1/2 prato de arroz com purê de mandioca, picanha mal passada, farofa, salada, vinagrete e maionese rsrs. Tudo isso em 1/2 prato, perceberam?! Se a gente tivesse pedido o prato todo, ia ter marmita para alguns dias rsrs.
No domingo, ele quis ir visitar o zôo de uma cidade vizinha nossa. Vocês lembram da nossa viagem para o Zôo de SP né?! Bom, esse zôo que a gente foi agora é bem menor, mas e…

Que mané Copa que nada....

Oi, tudo bem?
E aí, alguém aí animado com a Copa? Levanta a mão!!!! rsrsrs... Bom, ontem começou a Copa do Mundo, o tal super evento que tem sido polêmica nos últimos meses no Brasil e no mundo e... ninguém explodiu o estádio. Ninguém atirou na Dilma. É, realmente não temos terrorismo no Brasil.
Todo mundo está comentando, os assuntos mais top no Twitter são relacionados à Copa e a minha sincera e humilde opinião é... que saco!
Fala sério, todo mundo falando da Copa, uns criticando e outros defendendo, mas a verdade é que ninguém está fazendo a sua parte para ver um Brasil melhor. Admite aí: você paga seus impostos em dia? Se você recebe troco a mais, você devolve? Se você achar dinheiro na rua, o que você faz? Você procura cuidar da sua saúde para não encher mais ainda os hospitais públicos?

Me coloco no bolo também; a gente acaba criticando os outros, mas não olha pro próprio rabo (desculpem a sinceridade).
Enfim, só um momento desabafo.
Depois de trabalhar a semana virada (sim, estou tra…

Livros, livros, livros

Oi, tudo bem?
Faz tempo que estou devendo um post sobre os livros que tenho lido. Esse ano resolvi pegar firme na leitura e até acabei deixando os filmes um pouco de lado para me dedicar mais à essa nova paixão - para ter uma ideia, minha biblioteca virtual conta atualmente com quase 800 títulos e a biblioteca real já está precisando de um novo lugar porque não cabe mais no espacinho que tinha reservado no meu quarto.
Desde o início do ano, já consegui ler 13 livros mas só fiz resenha de 3 aqui no Blog.
* os números ao lado são a ordem da leitura...
1. Submissa? Todos tem um dono ; 5. Filho de Hamas ; 8. Os cães nunca deixam de amar ;
Vou tentar dar uma resumida nos livros que li para conseguir fazer a resenha de todos eles agora. Esperam que curtam as dicas!
6. A culpa é das estrelas O livro narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que …