Pular para o conteúdo principal

2014 - Últimos Livros

Oi, tudo bem?

Sei, sei, sei. Já estamos em 2015 e eu ainda postando os últimos livros de 2014. Mil desculpas, caros amigos leitores, mas a correria do final de ano foi grande e muitos posts ficaram para lá de atrasados.

Com muita alegria, conclui 2014 com 22 livros lidos - um recorde atingido até agora - e aqui embaixo, vou tentar resenhar os últimos escolhidos do ano passado.

Livro: Os Cães Sonham?

Autor: Stanley Coren 
Editora Paralela

Esse foi o livro que comprei em abril na feira do livro de Poços de Caldas e que veio a ser lido só no final do ano... já dá para ter ideia da pilha de livros que tinha na frente para ler, né?! 

Esse livro foi um dos melhores e mais úteis livros que li. Gosto muito de cachorros, muito mesmo! E esse livro é uma ótima opção para os apaixonados pelos amigos de quatro patas por ser uma leitura prática, rápida - daquelas de ler em uma sentada - e bem divertida. 

O autor Stanley Coren é bastante conhecido no mundo canino por ser o autor do aclamado A Inteligência dos Cães, a maior publicação já feita sobre o tema. Não é um simples livro de perguntas e respostas. Todas as questões são respondidas de forma simples, fácil de entender, mesmo que as vezes use alguns termos técnicos, e possuem sempre "começo, meio e fim". Ele nos dá os por quês das questões, fornece exemplos, explora o passado dos caninos e chega a uma conclusão. Parece um professor bonachão respondendo de forma prazerosa uma pergunta de um aluno interessado na aula. Realmente recomendado para quem é apaixonado por cachorros e deseja compreende-los melhor. Sim, eles sonham!

Livro: Você pode ser feliz sem ser perfeita?

Autora: Alice Domar e Alice Kelly D.Lesch
Editora Sextante

Para quem tem problemas sérios com cobranças excessivas, perfeccionismo exagerado e auto controle ao extremo, esse livro é leitura obrigatória. O assunto principal é não termos as nossas “neuras”de cada dia com relação a perfeição. Podemos sim, ser felizes nos livrando das cobranças diária e alheia que sofremos a todo momento, o livro nos ensina a nos aceitarmos do jeito que a gente é, fazendo assim nossa vida fluir no seu curso certo, ensina também a planejarmos nossas metas, como podemos administrar nossa ansiedade e nos livrarmos de vez da culpa excessiva que ronda nossa santa paz. Para mim, que sofro de todos esses males e mais alguns, o livro foi um bálsamo de alívio e coloquei, sim, muita coisa em prática para facilitar meu cotidiano.

Livro: Coleção O Poder das Trevas?

Autor: Bill Myers
Editora Bello Publicações

O livro conta a história da família Williams onde os irmãos Rebeca e Sergio ambos cristãos vão morar em cidade onde passam por vários desafios contra uma sociedade de jovens satânicos.

A narrativa é bem interessante, mas acaba ficando um livro específico para quem é cristão e acredita em batalhas espirituais. Muitas cenas são bem eletrizantes e prendem a atenção da gente do tipo que não dá para parar de ler; porém, tem outras narrativas que se arrastam um pouco e, na minha humilde opinião, poderiam ser mais breve.

O livro é chamado de "coleção" porque conta com 3 episódios na vida dos irmãos Rebeca e Sergio que vão se entrelaçam até o grande desfecho. 

Para quem gosta do gênero, vale muito a pena. Para mim, fã dos livros do Bill Myers, recomendaria mais o livro Limiar do que este aqui.


Livro: Confissões de uma viciada em internet

Autora: Fabiana Bertotti
Editora Parole
A entrega do livro foi um caso à parte. Demorou para chegar e, no dia que chegou, o carteiro bateu no portão enquanto eu estava no banho. Saí de casa e fui à caça do carteiro pelas ruas do bairro porque algo me dizia que meu livro estava para chegar. Depois de algumas quadras, consegui achar o abençoado e pegar minha encomenda. Ebaaa!

Este livro, da jornalista Fabiana Bertotti, trata justamente dessa nova revolução, a digital. A coisa toda é ainda muito recente  e ainda estamos no processo de assimilar todas as novidades que surgiram no ambiente da rede. E a Fabiana, com sua experiência de migrante virtual precoce e estudiosa do assunto – ou seja, usuária e analista –, nos traz um panomarama muito interessante de como nossa vida mudou nos últimos anos, sem percebermos.

O livro traz questões sobre o que a internet nos tornou: mais críticos ou superficiais? Aproximou ou afastou pessoas? O que tudo isso tem a ver com relacionamentos, hábitos de consumo e o desenvolvimento do nosso cérebro.

Para quem é rato de computador como eu, leitura obrigatória.

Livro: Álbum de Casamento - Quarteto Noivas

Autora: Nora Roberts
Editora Arqueiro

Primeiro livro da série Quarteto de Noivas, Álbum de casamento conta uma linda história de amor, amizade e família – e daqueles momentos imprevisíveis que transformam uma imagem bonita numa verdadeira obra de arte.

Quando crianças, as amigas Parker, Emma, Laurel e Mac adoravam fazer casamentos de mentirinha no jardim. E elas pensavam em todos os detalhes. Depois de anos dessa brincadeira, não é de surpreender que tenham fundado a Votos, uma empresa de organização de casamentos bem-sucedida. O primeiro livro fala da Mac, fotógrafa especialista em captar os momentos de pura felicidade, mesmo que nunca os tenha experimentado em sua vida.

Por causa da separação dos pais e de seu difícil relacionamento com eles, Mac não leva muita fé no amor. Por isso não entende o frio na barriga que sente ao reencontrar Carter Maguire, um colega de escola com o qual nunca falara direito.

Carter definitivamente não é o seu tipo. Professor de inglês apaixonado pelo que faz, ele cita Shakespeare e usa paletó de tweed. Por causa de uma antiga quedinha por Mac, fica atrapalhado na frente dela, sem saber bem como agir e o que falar. E mesmo assim ela não consegue resistir ao seu charme.

Agora Carter está disposto a ganhar o coração de Mac e convencê-la de que ela é capaz de criar suas próprias lembranças felizes.

Óbvio que lendo um livro da Nora Roberts, somente terão cenas sensuais,  românticas e nesse caso engraçadas, os diálogos e cenas do casal tem um bom toque de amor.

Álbum de Casamento é uma narrativa leve, romântica e divertida. Mesmo com os empecilhos de personalidade que colocam a prova a felicidade do casal, mas é um livro da Nora Roberts, então com certeza a autora conduziu magistralmente ao final feliz.

Então nem preciso dizer que indico é indicadíssimo tanto esse livro quanto os três próximos livros da série. E também para quem gosta de um bom e agradável romance, e quer fugir de homens lunáticos e possessivos e mulheres chatas e com carências afetivas irritantes, ou simplesmente porque é Nora Roberts, não precisa falar mais nada.

E que venha 2015... com mais livros!!!


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Firme e forte e outras estórias

Oi, tudo bem?
Gostou do título do post? Firme e forte. Tudo bem que quase ninguém deu a mínima para o meu post anterior (só teve um comentário), mas eu continuo na vibe de melhorar a minha saúde. #chateada
Hoje, particularmente, estou mais disposta e isso graças à Neguinha. Ela deu de querer brincar de jogar a bolinha toda vez que eu apareço na porta da cozinha. Só que agora não é só jogar a bolinha: é correr pelo quintal atrás dela para pegar a bolinha para jogar de novo. Gastei hoje uns 10 minutos assim e já fiquei com a língua de fora, igual a ela rsrsrs.
A minha meta de caminhada+dieta foi interrompida semana passada: comecei a semana super bem, comendo certinho e fazendo exercícios todos os dias. Mas, na quarta passada, o garoto bateu o carro! :(
Ele estava descendo uma avenida e o carro da frente freou bruscamente para um outro carro, que fez a conversão sem ligar a seta, passar. Conclusão: o garoto bateu atrás do carro que freou! O carro que virou sem seta foi embora como se não ti…

E a saúde, vai bem?

Oi, tudo bem?
Bem, a semana começou com pique e todo. Estava muito feliz e animada, fazendo mil planos para os próximos dias. Mas, como a bíblia mesmo: "o coração do homem faz planos, mas a resposta vem do Senhor".
Na terça feira, o garoto teve que trabalhar pesado o dia todo e eu, contando com o clima de meio-chuva-meio-frio, acabei ficando na cama até mais tarde, pedi comida no supermercado e não fiz absolutamente nada do que tinha planejado.
Por consequência disso, na quarta eu já estava mais jururu e fui ficando doente, com dor de garganta, dor no corpo, a pressão foi baixando, baixando, baixando... e fui parar no pronto socorro.
Comentários à parte: eu tenho trauma de pronto socorro por tudo o que eu passei aqui; então, eu só vou lá em caso de extrema-extremíssima necessidade. Cheguei lá caindo aos pedaços, fervendo de febre e o atendente ainda me pediu para "tirar uma foto para atualizar o cadastro" - bom, meu cadastro agora tem uma foto de zumbi para estampar. T…

Thanksgiving

Oi, tudo bem?
"Rendei graças ao Senhor porque Ele é bom, porque a Sua misericórdia dura para sempre" Salmo 118:1
Hoje é Dia de Ações de Graça. Infelizmente, não temos o hábito de celebrar a data aqui no Brasil - apesar de termos copiado a Black Friday.
Mas eu tenho o costume de celebrar a data por ser uma tradição dos cristãos protestantes desde muito tempo atrás.
Antigamente, era o dia em que os colonos agradeciam a Deus pelo ano de colheita e compartilhavam com os mais pobres o que tinha restado da safra.
Hoje, aqui no Brasil, o dia serve mais como um memorial para olharmos pra trás e agradecermos a Deus por tudo. O simples fato de poder agradecer já é um grande milagre; afinal, se você está vivo para agradecer, está bem melhor que muita gente que não chegou até a data de hoje para ser grato. #filosofando.
Eu tenho muito a agradecer este ano.
1) Por ter corrido tudo bem com os preparativos do casamento e por todos os livramentos e providências divinas para resolver tudo que aconte…