Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2016

Retrô 2016 - O ano!

Oi, tudo bem?
Último dia do ano, não podia faltar né?! Retrô 2016!!! "O" ano! O ano que virei gente grande, casei, virei "mãe" e nem atualizei tanto o blog porque a vida foi bem movimentada.
Mas ainda temos alguns registros aqui e lá vamos nós para relembrar:
1) Comecei o ano na igreja, com um baita crise de choro por saber que era minha última virada solteira. Tivemos a saga da #operacaocasamento com todos os preparativos descritos a cada cinco dias. E claro, com direito à um spin-off  sobre o presente misterioso.
2) Se 2016 foi "O" ano, Fevereiro foi "O" mês: mês do casamento, da lua de mel, do início da vida de casada.
3) Eu já estava com "tlinta e tlês" anos e já era uma senhora casada, sofrendo para aprender administrar tanta novidade junto. 
4) Abril foi o mês dos "primeiros": primeira tentativa de adotar uma "filha", primeiro acidente doméstico, primeira intoxicação sem ajuda de mammy. Ufa, eu sobrevivi!
5) Maio foi…

Primeiro Natal

Oi, tudo bem?
Primeiro Natal casada! Ai, meu Deus! Eu já odeio essa época do ano, né?! Para quem vem aqui há mais tempo, sabe que nunca fui fã de festas de final de ano (ok, eu era quando criança e ainda acreditava em Papai Noel... mas mudei de opinião conforme fui conhecendo o mundo aí fora).
Já não tinha muito motivo para celebrar porque a tia de mammy está internada na Santa Casa com AVC hemorrágico, anemia, diabetes, pressão alta e penumonia. Bom, ela entrou só com o AVC, mas acabou com tudo isso durante a estadia na UTI improvisada do hospital por coma induzido (é, rede pública é punk!).
Com um parente no hospital - e essa é  bem querida porque mammy foi criada com ela desde os 7 anos - a gente acaba não tendo muito motivo para comemorar, certo!? Mas, como era meu primeiro natal casada, eu tinha que arrumar alguma coisa para a ocasião não ficar tão triste pelo fato que não ia estar junto com mammy 24 horas.
Graças a Deus, minha querida chefe montou um esquema de plantão no nosso seto…

GG: Um ano para recordar

Oi, tudo bem?

Nossa, este post está super atrasado. A nova "temporada" de Gilmore Girls: um ano para recordar estreou no Netflix em 25/11 às 6h e só agora consegui sentar para contar o que achei.
Já tinha comentado aqui que Gilmore Girls era a única série em comum que eu conseguia assistir com o garoto no Netflix. Motivo simples: conheci o seriado como Tal mãe, tal filha no SBT e me acostumei com a versão dublada. Dai, consegui levá-lo para o maravilhoso mundo de Stars Hollow por longas sete temporadas que assistíamos na hora do almoço ou aos sábados à noite, em maratonas regadas de pizza e coca cola. Ele, sempre fã do Luke e do time do Dean; eu sempre fã da Rory e super Jess Team.
Esperei com bastante ansiedade o tal revival prometido pelo Netflix e, lógico, que maratonamos os quatro episódios no final de semana de estréia.
Posso ser sincera? Terminei o quarto episódio com uma sensação meio agridoce.
* Contém spoilers*
A começar pelo formato: achei os episódios de 90 minutos com …