Pular para o conteúdo principal

Primeiro Natal

Oi, tudo bem?

Primeiro Natal casada! Ai, meu Deus! Eu já odeio essa época do ano, né?! Para quem vem aqui há mais tempo, sabe que nunca fui fã de festas de final de ano (ok, eu era quando criança e ainda acreditava em Papai Noel... mas mudei de opinião conforme fui conhecendo o mundo aí fora).

Já não tinha muito motivo para celebrar porque a tia de mammy está internada na Santa Casa com AVC hemorrágico, anemia, diabetes, pressão alta e penumonia. Bom, ela entrou só com o AVC, mas acabou com tudo isso durante a estadia na UTI improvisada do hospital por coma induzido (é, rede pública é punk!).

Com um parente no hospital - e essa é  bem querida porque mammy foi criada com ela desde os 7 anos - a gente acaba não tendo muito motivo para comemorar, certo!? Mas, como era meu primeiro natal casada, eu tinha que arrumar alguma coisa para a ocasião não ficar tão triste pelo fato que não ia estar junto com mammy 24 horas.

Graças a Deus, minha querida chefe montou um esquema de plantão no nosso setor e consegui 3 dias de folgas. Aproveitei para refazer a faxina de final de ano - que eu já tinha feito há quinze dias, mas confesso que estou ficando a #loucadalimpeza - e comprei as lembrancinhas de natal para todo mundo (lembrancinhas porque não tô para gastar muito dinheiro por causa da crise e por causa da minha filosofia de minimalismo que prima pelo combate ao desperdício e ao consumismo dessa época).

Na véspera de natal, passamos na casa de mammy. Foi minha primeira ceia de natal adulta porque, quando eu era criança, fazíamos a ceia eu, mammy e nossos bichinhos porque pappy nunca foi disso. O cardápio foi escondidinho de frango com creme de milho e salada de palmito e a sobremesa foi mousse de limão.

Pappy ganhou uma calça jeans e uma camisa; o garoto ganhou um perfume e uma bermuda; mammy ganhou um par de brincos, o mouse para o pc (que resolveu pifar bem na noite de natal) e um sabonete líquido importado e eu ganhei uma blusa, uma máscara para dormir (que eu amei), um seca salada (que eu adorei kkkk #donadecasa), um delineador e uma escova de cabelo elétrica.

No domingo, fomos almoçar com os sogros e foi uma catástrofe kkkk. O sogro torrou a carne na churrasqueira; o cunhado queria fazer peixe assado e o cheiro impregnou em tudo; a sogra fez lasanha para acompanhar o churrasco que não deu certo e ninguém comeu; a sobrinha estava com virose e dormiu o tempo todo e eu e o garoto só comemos linguiça e pão-de-alho kkk. E viva a família buscapé! kkkk

Teve culto de natal na igreja e o final da noite de domingo foi coroado com uma deliciosa chuva de verão e...infelizmente... com a morte do meu querido George Michael.

Termina logo 2016!



Comentários

Hellz. disse…
OOOOOOOOOOOI

mas que legal essa sua nova experiência com o natal *-*
a vida muda constantemente, é uma coisa maravilhosa.
Espero que tenha sido mesmo t]ao divertido quanto pareceu ter sido *-*

beijo
beinghellz.com
Aline disse…
Oi Ana Paula, eu não sabia que você tinha mudado o endereço do blog! Fiquei procurando outro dia e não achei :/

Uma pena você não gostar das festas de final de ano! Mas que bom que mesmo com todos os imprevistos vocês conseguiram se organizar para comemorarem essa data que é tão especial!

Espero que a tia da sua mãe esteja melhor!

Um beijo e feliz ano novo!

http://inventandoassunto.com
Nana disse…
Foi sim! Eu tava bem apreensiva em como ia ser, mas graças a Deus deu tudo certo. Obrigada pelo carinho e pela visita!
Nana disse…
Realmente,eu não sou muito fã desse período mas graças a Deus conseguimos fazer nossa celebração em comemoração ao aniversariante, Jesus Cristo.
Infelizmente, a tia da minha mãe não está apresentando melhoras. Muita oração por ela!
Obrigada pelo carinho e pela visita!
Lenise Battisti disse…
Espero que as coisas melhorem para a tia da sua mãe, o importante agora é rezar e estar ao lado da família nesse momento tão difícil. Que Deus proteja você e sua família e que 2017 reserve bons momentos pra vocês. Parece que 2016 foi um ano difícil pra todos, então vamos esperar que 2017 seja mais ameno.

http://lenabattisti.blogspot.com.br/
Nana disse…
Amém, que Deus esteja conosco no próximo ano. Obrigada pela visita.

Postagens mais visitadas deste blog

Tag de tudo um pouco

Oi, tudo bem?
A Mila me indicou nessa tag e eu amo participar de blogagens coletivas e tags, então... vamos lá:
Regras Deve indicar 11 blogs com menos de 500 seguidores; Colocar o selo da Tag; Colocar os créditos ao blog Atrás da Penteadeira; Colocar o blog que te indicou.


Perguntinhas 1- Qual seu estilo musical preferido? Boa pergunta...geralmente, gosto do que está tocando no rádio..se for pop rock, melhor ainda.
2- Qual peça de roupa é sua queridinha no momento? Meus shortinhos de calor, fresquinhos e floridos para ficar em casa de bobeira.
3- Qual de seus esmaltes é o mais divo? Marca e cor. Babado Forte, da linha Color Trend da Avon
4- Shorts ou saia? Por quê? Sempre shorts, não muito curto. Saia só se for longa.
5- Cabelo liso ou cacheado? Sempre cacheado
6- Salto ou sapatilha? Depende da ocasião.
7- Brigadeiro ou sorvete? No verão, um bom picolé de limão. No inverno, o brigadeiro de panela é imbatível.
8- Doce ou salgado? Depende do humor do meu estômago.
9- Como você define seu estilo? Casual.
10- Você…

Resenha - Melhor do que comprar sapatos

Oi, tudo bem?
Segundo livro do ano.. em março #vergonha.
Arrisquei no título Melhor do que comprar sapatos, da Cristiane Cardoso, publicado pela Editora Unipro.
Não sei se você já ouviu falar dela: filha do bispo Edir Macedo (já torceu o nariz?), casada com o Renato Cardoso, é apresentadora do Escola do Amor na Rede Record (torceu o nariz de novo?).
O livro, segundo o site da Livraria Cultura, não é simplesmente uma coletânea de artigos sobre a essência da mulher. O objetivo de sua autora, Cristiane Cardoso, é ir além e promover a transformação real do leitor, de dentro para fora. Sabendo que mudanças não acontecem da noite para o dia com a simples leitura de um livro, Cristiane aborda temas de importância para toda mulher. E todos esses temas apontam para o fato de que é preciso enxergar a vida mudando a nossa perspectiva. A partir dessa atitude, a autora defende que é possível ser uma mulher melhor em todos os sentidos. Como lidar com seus problemas? Quando um relacionamento funciona? C…

Fim

Oi, tudo bem?
Em 13 de janeiro de 2005, comecei um humilde blog (ainda no dominio zip.net da UOL) que viria durar mais de dez anos e contar com quase cem mil visualizações. Não sei se são números expressivos para alguns, mas para mim, são demais!!!!
Fiz muitos amigos (virtuais e reais) e pessoas especiais entraram na minha vida por causa desse blog. Conselhos, piadas, dicas... compartilhamos muitas coisas desde 2005.
Nestes mais de dez anos, muita coisa aconteceu. Eu mudei muito, mais muito mesmo, daquela garota de 2005: altos e baixos. Perdi, ganhei. Vivi pequenas e grandes vitórias. Sofri pequenos e grandes tombos. Realizei sonhos – alguns que eu nem imaginava realizar. Cresci em todos os setores: pessoalmente, profissionalmente e fisicamente (mais pros lados do que pra cima hehehe). E compartilhei tudo que foi possível pelos blogs, pela escrita. 
Mas, de uns tempos pra cá, as redes sociais como um todo tem me chateado muito e, particularmente por alguns episódios que tive que presencia…