Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2017

A oração da esposa

Oi, tudo bem?
Apenas para constar, eu queria deixar aqui um trecho do livro A mulher dos sonhos do seu marido que estou lendo no momento, da Editora Mundo Cristão. E que isso sirva para ambos, ok?! 
Como devemos começar a orar por nós mesmas afim de nos tornarmos a mulher dos sonhos dele? 
Seria aconselhável dar uma olhada na definição de amor que a Bíblia apresenta em  1Coríntios 13. 
Entre outras versões, esta é uma paráfrase na qual você talvez queira refletir:

Ainda que eu lecione em grupos de estudo bíblico, me apresente como voluntária para o ministério de mulheres e cante no coral, se não tiver amor por meu marido, serei apenas como o sino que ressoa ou como o prato que retine. Ainda que eu tenha diploma de faculdade, um emprego altamente remunerado e uma carreira bem-sucedida, se não tiver amor por meu marido, serei uma mulher falida em termos emocionais e espirituais. Ainda que eu tenha uma fé capaz de mover montanhas, esteja sempre pronta para orar pelos necessitados e tenha memo…

Eu odeio academia!

Oi, tudo bem?
Nossa, o post da minha filhota bombou no blog! Mais de 200 visualizações, muitos comentários queridos e a certeza de que minha filhota faz sucesso na rede também.
Mas, seguindo a vida, 2017 está caminhando e algumas coisas estão acontecendo por aqui.
Eu engordei!
Engordei muito!
Enfie o pé na jaca de acordo no final do ano e estou uma baleia.
Tenho 1,62m e estou pesando na média de 69,5kg - estou com IMC de 26,5 o que significa sobrepeso. Gostaria muito, do fundo do coração, voltar ao meu peso de 58kg, o que me leva a perder 11,5kg.
Mas sou realista e sei que as coisas não vão voltar como eram há cinco anos atrás: já passei dos 30 anos, meu metabolismo está mais lento, casei...enfim, muita coisa mudou no meu organismo no último ano.
Então, me obriguei a voltar para a academia.
Como o próprio título do post diz, eu odeio academia. Odeio aquela competição de corpos sarados, de gente puxando ferro, das velhinhas azarando o treinador. Mas, se eu não fizer isso, não vou conseguir perd…

Neguinha e suas histórias...

Oi, tudo bem?
Minha filha é uma figura. Uma baixinha invocada, meio poodle, meio schnauzer, com porte de fox paulistinha e a bondade de um pastor alemão. É, ela é uma vira lata.
Desde que chegou, adaptamos a baixinha a tomar banho no pet shop que tem na esquina de cima de casa. É perto, ela não fica com tanto medo de ir lá (porque ela morre de medo de sair na rua, sair de carro, sair na calçada, simplesmente SAIR. Já tentamos de tudo, mas ela não se adapta e a teoria do veterinário é que ela é assim porque foi abandonada).
Hoje, primeiro dia do ano, levei a baixinha para fazer barba-cabelo-e-bigode (literalmente, ela tem um bigodinho lindo e as sobrancelhas levantadas do Schnauzer). O garoto foi comigo porque ele estava com o carro no mecânico e não foi trabalhar de manhã. Cheguei lá e até dei um toque para mocinha não mexer nas unhas dela porque, da última vez, sangrou e eu me desesperei (como boa mãe judia que sou kkk).
Na hora que fomos buscar....
A mocinha veio toda delicada:
- Que lind…

Hum de janeiro de 2017

Oi, tudo bem?
Ano novo, vida novaaaa! Será?!
Minha virada de ano foi bem diferente desta vez; passei casada, com meu marido dormindo e minha filha de quatro patas encolhida embaixo da cama por causa dos fogos (ALERTA: você que solta rojões em final de ano, final de campeonato, festa junina...faça-me um favor de segurar o rojão na mão enquanto ele explode, assim você consegue sentir um pouco do que as crianças/animais/idosos sentem com o estrondo da sua diversão IDIOTA).
O último dia de 2016 foi pra lá de produtivo e eu consegui fazer todos os itens da minha listinha #alokadalista, com exceção da escova no cabelo que não deu para encarar por causa do calor. Ficamos no quarto à base de aparelhos: um ventilador de teto e um umidificador de ar e minha programação na tv se dividiu em Cartas para Julieta no Telecine Touch, A Gaiola das Loucas na BAND e uma apresentação da Orquestra do SESI na Canção Nova. 
Claro que fiz uma pausa na programação para fazer a minha oração de final de ano, com tan…